Padrasto Filmado Afogar Enteada – Condenado A 100 Anos De Prisão!

Aviso! Conteúdo perturbador: José David é filmado atirar repetidamente a sua enteada de três anos para uma piscina, sabendo que ela não sabia nadar.

A menina que claramente não sabia nadar, é vista aflita para se manter à tona com o seu padrasto parado apenas a observar.
As chocantes imagens de vigilância foram filmado na cidade de Morelia, a 12 de Agosto de 2015, e provocaram indignação em toda a América do Sul quando foram tornadas públicas.

O incidente ocorreu enquanto a mãe da criança estava dormir no quarto do Hotel.pay-pool-drowningJosé David mostrou-se surpreendido em tribunal, após ser acusado de afogar a menina. Mas a filmagem foi suficiente para condená-lo a 100 anos de prisão, sem possibilidade de liberdade condicional. Após deliberação, os juízes consideraram o homem culpado de matar a criança.

O Juiz Garcia Cardona, acusou o padrasto em Tribunal de ainda ter arrastado a menina pelos cabelos e ter segurado o seu corpo minúsculo dentro de água, numa posição que ela era incapaz de respirar.

A defesa tentou sugerir que a menina já tinha morrido fora da piscina e não na água, mas este argumento  rapidamente foi rejeitado pelos juízes.